[ editar artigo]

Como escolher o cadeirão de alimentação do bebê

Como escolher o cadeirão de alimentação do bebê

São muitas as opções e modelos disponíveis, portanto é natural as dúvidas aparecem na hora da compra da cadeira de alimentação ou cadeirão do bebê. Para deixar a sua escolha mais fácil separei as principais dúvidas que as mamães e papais tem e o que é preciso levar em consideração para escolha do cadeirão.

Aos seis meses de idade o aleitamento materno deixa de ser exclusivo para iniciar a introdução alimentar, nesta idade a criança já consegue sentar-se com apoio e então é preciso pensar onde o bebê vai se alimentar. É importante levar em consideração que os bebês se sentem mais à vontade e mais calmos quando tem uma rotina estabelecida porque desta forma já sabem o que esperar daquela situação, claro que esta rotina pode ser quebrada de vez em quando, mas é importante que ela exista e os cadeirões de refeição ajudam a estabelecer a rotina da alimentação.

O que é preciso levar em consideração na hora da escolha do cadeirão

O primeiro item que deve ser observado é a segurança, observe se a cadeira tem um cinto de segurança de preferência de cinco pontas, verifique sua estrutura e estabilidade e se a cadeira possui travas que evitem o fechamento durante o uso, assim a criança estará mais segura.

Alguns modelos de cadeira de alimentação tem um retentor entre pernas que é uma proteção a mais oferecida para que a criança não escape ou escorregue por baixo da bandeja.

Observe o estofado do cadeirão que deve ser acolchoado e veja se ele oferece conforto para o bebê, a criança precisa se sentir bem acomodada e confortável para fazer a refeição.

A facilidade na hora da limpeza também deve ser levada em consideração, procure por cadeirões que sejam de fácil limpeza, os laminados podem ser lavados facilmente com detergente neutro e esponja (nunca com produtos abrasivos) e os de tecidos podem ser lavados com água e detergente neutro (certifique-se de que possam ser retirados facilmente dos cadeirões) eu indico os laminados são mais práticos e mais comuns de serem encontrados. O cadeirão deve ser limpo diariamente após as refeições e lavados sempre que houver necessidade.

É importante verificar o espaço disponível na casa para saber por qual modelo será melhor optar na hora da compra.

Diferencias que você deve observar na cadeira de refeição:

Alguns modelos reclinam a posição do encosto da cadeira em até três posições, essa opção antecipa o uso do cadeirão que pode começar a ser usado a partir do quarto mês como uma cadeira de descanso e dá mais conforto para o bebê até o oitavo mês que é quando ele começa a sentar sozinho.

Outro diferencial é a regulagem na altura do cadeirão deixando ele mais alto ou mais baixo que pode ser usado para deixar a criança na altura em que os pais estão sentados (no sofá, puff, cadeira, etc. ...) oferecendo mais comodidade na hora da alimentação ou para ajustar melhor a altura da mesa quando estiver usando sem a bandeja para a criança comer junto com os pais.

Para deixar a limpeza ainda mais fácil alguns cadeirões dispõem de uma segunda bandeja que é menor e mais fina do que a principal e fica acoplada sobre ela, está bandeja sai com facilidade para ser lavada.

Até quando usar o cadeirão?

As cadeiras de alimentação suportam um peso de até 15 Kg que na média corresponde a uma criança de aproximadamente três anos, não é possível estabelecer uma idade limite, já que as crianças se desenvolvem em velocidades diferentes.

Modelos de cadeiras de alimentação

Cadeirão de refeição tradicional:

Cadeira de refeição Feed - Safety1st

  • 7 posições de altura
  • 3 opções de inclinação para o encosto e apoio para os pés
  • Bandeja dupla com porta-copos e 3 posições de distância
  • Fica em pé quando fechada
  • Cinto de segurança com 5 pontas, com altura ajustável e proteção entre perna

Cadeira de alimentação que acopla a mesa 

Este tipo de cadeira é acoplado a mesa, por ser compacta e não ocupar muito espaço pode ser levada para ser usada em qualquer lugar, também é uma boa opção para quem não tem muito espaço em casa.

Alguns modelos como este abaixo possuem trava de segurança para encaixar na mesa, mas existem modelos mais simples somente para encaixar (sem a trava), o cinto de segurança é abdominal (prende somente na barriga da criança).

Este modelo de cadeira adapta-se a maioria das mesas. Não pode ser usada em mesas com o tampo de vidro.

    

Cadeira de de refeição portátil: para ser usada em cadeiras convencionais

Conhecido como boosters, são assentos que se prendem com cintos às cadeiras, elevando a criança, assim como o modelo acima tem a vantagem de ser portátil e não ocupar muito espaço, além de poder ser transportada para qualquer lugar. É

preciso prestar atenção para que fique presa (bem firme) corretamente na cadeira.

Cadeira de refeição Mila - Infanti

  • 2 posições de inclinação do encosto
  • 2 bandejas removíveis com 3 posições de ajuste
  • 2 posições de altura com apoios retráteis antiderrapantes
  • Bandeja superior lavável na lava-louças
  • Barreira entre pernas evita escorregamentos
  • Cinto de segurança de 5 pontos
  • Tiras para adaptação universal

 

É importante que a rotina da refeição seja introduzida a criança como um momento tranquilo e de alimentação, portanto evite neste momento brinquedos que distraia a criança ou que ela  coma assistindo TV. Quando a criança se alimenta assistindo TV ou brincando ela acaba comendo mais do que necessita e é importante que ela perceba quando já está saciada e pare de comer quando estiver satisfeita.

Em fevereiro de 2013, o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) publicou a Portaria que estabelece os Requisitos de Avaliação da Conformidade para Cadeiras de Alimentação para Crianças, que deverão ser certificadas e registradas no Inmetro para serem comercializadas no Brasil, com o objetivo de dar mais segurança aos bebês. Desde de janeiro de 2016 as cadeiras de alimentação não podem ser mais comercializadas sem o selo do Inmetro.

Beijos e Até!

Comunidade Bebê 123
Comunidade Bebê 123
Comunidade Bebê 123 Seguir

Redação Bebê 123

Ler matéria completa
Indicados para você